Você se pergunta porque os povos do mundo estâo em guerra em busca de seus direitos. Povos, raças, grupos de todos os matizes, todos estâo lutando com unhas e dentes por seus direitos.

Em 1964 um ministro norte americano, William Branham, chegou a uma conclusâo, na qual esta midia concorda: as cartas em apocalipse (2-3) às Igrejas da Ásia eram proféticas e se referiam a períodos de tempo pelo qual a igreja passaria e segundo o ministro, a ultima carta, a de Laodicéia, representaria esta era moderna na qual vivemos.

Quando vocês veem o povo nas ruas, manifestando-se, lembre-se - estamos vivendo a ultima era da igreja: Era de Laodiceia, que significa a Era dos Direitos dos Povos

Arquivo do blog


Russia Versus Israel

quarta-feira, 12 de dezembro de 2012

Barra do Garças entra na guerra por Suiá Missú


Pontes serão fechadas em Barra do Garças às 15 horas desta quarta-feira







Pontes serão fechadas em Barra do Garças às 15 horas desta quarta-feira 



Escrito por Ronaldo Couto / Olhar Direto
  

Em Água Boa foi bloqueada a BR 158 às 15h00 de ontem 11.12

Terminou agora pouco uma reunião entre produtores e a direção do Sindicato Rural de Barra do Garças que confirmou a interdição das pontes Garças e Araguaia, na divisa de Mato Grosso e Goiás, às 15 horas desta quarta-feira (12). A classe ruralista barra-garcense decidiu aderir o movimento em solidariedade as sete mil famílias da gleba Suiá Missu, em Alto Boa Vista, que estão sendo despejadas desde o dia 10.

O presidente Rodrigo Ragiotto disse que o bloqueio será por duas horas, das 15 às 17 horas; e quinta-feira das 09 às 11 horas. “Nós queremos mostrar ao país, que a classe produtora de Mato Grosso é contra esse despejo e pede uma suspensão desta ação”, frisou. O sindicalista pediu a compreensão da população sobre o bloqueio das pontes e está divulgando o horário nas rádios e TVs para evitar mais transtornos.

Os produtores já fecharam a BR 158 em Ribeirão Cascalheira, Água Boa e Nova Xavantina. Segundo Ragiotto, exista uma mobilização para as rodovias também sejam bloqueadas em Primavera do Leste e Rondonópolis ainda hoje.

Em Brasília, o vice-presidente da República, Michel Temer, ficou de conversar com a presidente Dilma sobre o assunto hoje e buscar uma saída para o impasse. Na gleba Suiá, os despejos persistem nas pequenas propriedades.

A área de 160 mil hectares ocupada há trinta anos pelos produtores rurais foi considerada reserva indígena e a Justiça Federal decidiu pela desocupação da área. A Força Nacional e o Exército estão com 200 homens cumprindo o despejo desde segunda-feira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...